segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Praia de Santo Antônio: uma tranquila e desconhecida praia do Litoral Norte da Bahia


Praia de Santo Antônio, no Litoral Norte Baiano
Praia de Santo Antônio, no Litoral Norte da Bahia - Fotos tiradas por Tito Garcez em Junho de 2013
(CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIÁ-LAS / CLICK ON IMAGES TO ENLARGE THEM)

O verão se aproxima e as praias do Nordeste começam a ficar mais cobiçadas, mas isso não é uma regra, acredite! Em todo o litoral nordestino é possível encontrar lindas praias pouco badaladas, sendo várias extremamente desconhecidas da mídia turística, das agências de viagens, enfim, da maior parte da população. No litoral da Bahia isso não seria uma exceção, e é lá que vamos conhecer uma das mais agradáveis praias do estado.


 Surfistas aproveitam os trechos que possuem ondas na Praia de Santo Antônio, no Litoral Norte da Bahia - Por Tito Garcez
Surfistas aproveitam os trechos que possuem ondas

 Praia de Santo Antônio, no Litoral Norte Baiano
Uma das poucas barracas de praia do lugar
Entre algumas das mais agitadas praias do Litoral Norte baiano, está a pacata praia de Santo Antônio. Localizada no município de Mata de São João, estando mais precisamente entre os renomados destinos Imbassaí e Costa de Sauípe - ambos detentores de alguns dos principais resorts do país - e não muito distante da praia do Forte, um dos locais mais conhecidos e visitados desse litoral, é de se estranhar que exista um local acessível e incrivelmente tranquilo.


Rio Imbassaí, na Praia de Santo Antônio, no Litoral Norte Baiano
Rio Imbassaí

A praia de Santo Antônio fica ao lado do povoado que leva o mesmo nome. Por ali, é possível encontrar cerca de 30 casas, a maioria habitada por pescadores e artesãos. O local é de uma tranquilidade sem tamanho. Parte disso é justificado pelo acesso, que, apesar de não ser precário, é um tanto limitado. 


Cão solitário caminha pela praia


Como chegar


Para se chegar à praia é quase indispensável ter à disposição algum veículo que não seja de grande porte, e há duas opções, ambas em estrada de terra. É possível chegar tanto pelo povoado Santo Antônio quanto pela Vila do Diogo. Como o acesso pelo povoado é o que nos deixa  mais próximo à praia, explicarei como fazer para chegar lá: se vier tanto de Salvador como de Aracaju, é essencial transitar pela Linha Verde (Rodovia BA-099). 


Praia de Santo Antônio, no Litoral Norte Baiano
Vista a partir das pedras que ficam próximas ao acesso à praia

A partir de Salvador, o acesso à estrada de terra que leva ao povoado Santo Antônio fica a uma distância aproximada de 72 km do Aeroporto Internacional. O acesso fica aproximadamente a 7,2 km após a entrada de Imbassaí e a 3,2 km após a primeira entrada para a vila do Diogo. Mas o melhor ponto de referência é a ponte do rio Imbassaí. Depois de cruzá-la, é só entrar no primeiro acesso à direita, mais ou menos a 900 m após a ponte. Até outubro de 2013 havia uma placa sinalizando o acesso ao povoado, mas como esse tipo de sinalização pode não durar muito tempo, é válido dar todos esses pontos de referência. 


Praia de Santo Antônio, no Litoral Norte Baiano
Tranquilidade define esse lugar 

Já para quem vem de Aracaju pela Linha Verde, o acesso à estrada de terra fica aproximadamente a 3 km após a entrada do Complexo Turístico Costa do Sauípe, e por volta de 77 km após a divisa de Sergipe com a Bahia. 




Depois de, finalmente, entrar na rústica estradinha de terra - que em alguns pontos é coberta por cascas de coco -, a distância até o povoado Santo Antônio é de 3 km. O acesso até pode assustar em razão da estreita estrada, onde em determinados pontos só passa um veículo por vez, e também porque ela corta uma área de dunas, mas, tendo atenção, as chances de acontecer algo são mínimas. Esse acesso, além de ser o mais próximo da praia, é o mais bonito, pois a estrada prossegue pela Área de Proteção Ambiental do Litoral Norte. 

(Atualizado em fevereiro de 2013: em recente visita à praia, foi constatado que a estrada de acesso foi melhorada. Apesar de continuar a ser uma estrada de terra, ela foi alargada e as cascas de coco deram lugar a uma terra mais consistente.)


Paisagem vista do caminho de acesso à praia  de Santo Antônio, no Litoral Norte da Bahia
Paisagem vista do caminho de acesso à praia


Finalmente, a praia


A primeira visão da Praia de Santo Antônio após sair do povoado
A primeira visão da praia após sair do povoado
Após explicar sobre o acesso, vamos finalmente conhecer a praia em si. Para acessá-la a partir do povoado Santo Antônio, onde os veículos devem ficar estacionados, é necessário caminhar por, aproximadamente, 100 metros através das dunas e dos coqueiros. Dali, o visitante já tem a possibilidade de ver, ao lado esquerdo, um extenso "mar de coqueiros". Em frente, é possível apreciar parte do que é, para mim, um dos melhores trechos para relaxar no Litoral Norte. 

Algumas das poucas mesas existentes no lugar


Em meio a apenas 5 barracas de praia, sendo todas rústicas, cobertas com palha, temos a oportunidade de desfrutar de um local pouco frequentado mas que, ao mesmo tempo, dispõe dessas opções de serviços gastronômicos, que podem ser uma mão na roda em determinados momentos. Quem curte frequentar uma praia tendo o mínimo de conforto, podendo sentar numa cadeira de plástico ou até deitar numa espreguiçadeira, não vai poder reclamar da praia de Santo Antônio, da mesma forma que, quem gosta de ter mais independência e ficar mais afastado das barracas, coisa que por lá não significa ter mais tranquilidade, já que todo o trecho é assim, também ficará satisfeito. 




A praia também é um tanto democrática do ponto de vista do tipo de banho. Ela agrada a "gregos e troianos" porque possibilita banho mais tranquilo, relaxante, para aqueles que optam por ficar na piscina natural formada entre as pedras mais à direita da praia, assim como agrada àqueles que curtem tomar banho com água mais agitada. Ela pode agradar, também, àqueles que gostam de surfar, bem como aos que desejam simplesmente pescar, e as pedras parecem ser ótimas para isso. 



Em frente ao principal grupo de pedras, é possível aproveitar um outro tipo de banho: o banho de rio. Isso porque um dos braços do rio Imbassaí deságua bem ali, vizinho à barraca Domingos do Diogo. Vale a pena caminhar um pouco pelo riacho para curtir a interessante tonalidade avermelhada da água. Para quem gosta de fotografar, é uma ótima pedida registrar o contraste da curiosa coloração escura da água do rio com a azulada do mar. 



Vale a pena contar uma curiosidade: a praia é tão tranquila, mas tão tranquila, que você pensa que está distante de algum ponto badalado. Contudo, quando estava revendo as fotos para colocar nessa publicação, descobri algo que nem de longe imaginava. Bem ao final da praia, na ponta esquerda,  é possível  ver alguns prédios que estão atrás dos coqueiros. E eles estão nada mais, nada menos, na Costa do Sauípe. Ou seja, em questão de poucos quilômetros você tem dois extremos - de um lado a agitação, a praticidade e o consumismo em um dos mais conhecidos complexos hoteleiros, e, do outro, a rusticidade e tranquilidade de um povoado de pescadores, que parece não ser se incomodar com o que existe não distante dali.




Apesar de ser perfeitamente possível sair de Salvador - ou de algum outro lugar na região - para passar o dia na praia, também é possível pernoitar por lá. É possível encontrar algumas pousadinhas bem simples no povoado. Nele, existe também um camping. Porém, todas essas informações só não podem ser tão animadoras para quem não dispõe de veículo próprio ou para aqueles que não têm como ir de carona com alguém, já que transporte público só existe na Linha Verde, ou seja, a 3 km do povoado, e não é todo mundo que tem disposição para caminhar tal distância debaixo de sol forte. Mas isso tem um lado bom, já que a dificuldade de acesso provavelmente é a salvação para a preservação da tranquilidade do lugar. 




Por fim, é importante dizer que, como não dá para prever até quando a praia (e o povoado) continuarão assim, tranquilos, e não sofrerão com a especulação imobiliária e com o turismo de massa, é super recomendável aproveitar para conhecer esse paraíso o quanto antes. Fica a dica! ;)